Como transformar um problema num negócio.

Manda-te” surgiu quase como um grito de revolta!
Foi a forma que Filipe Amorim, um jovem com formação em Recursos Humanos, encontrou para lidar quer com uma situação pessoal difícil – o desemprego – quer com o que Portugal vivia na altura. No auge da crise financeira que atingiu o país, parecia não haver alternativa à emigração. Essa ideia de se “mandar lá para fora” foi a base da mudança na vida do Filipe e, desde então, de milhares de pessoas que já ajudou.

O Manda-te surgiu como uma página de Facebook (hoje, com 250 mil seguidores) que ajudava quem queria emigrar, a encontrar emprego. De um início pouco estruturado, o projecto foi crescendo, evoluindo, e hoje, é uma plataforma que se centra, não só no emprego para o estrangeiro, como no emprego para Portugal, assim como na formação e promoção do empreendorismo.
Ao longo deste trajecto, aquele grito de guerra permitiu ajudar milhares de pessoas a encontrar emprego e aprender com todos os conteúdos que são partilhados no Facebook e no blog.

Esta, é o tipo de história que gosto de contar, por ser a expressão mais pura de empreendedorismo: a capacidade de saber ler o contexto (mesmo em momentos de dificuldade pessoal), com a criação de soluções que interessam ao mercado. Ao longo desta conversa com o Filipe, descobri alguém com um estilo de vida peculiar, desde logo por ter criado um negócio que lhe permite trabalhar de onde quer que esteja, o que lhe dá a liberdade para viajar. A sua última viagem foi de 3 meses, numa auto-caravana…

____

Links úteis:

Site . http://manda-te.com/
Blog . http://manda-te.com/blog/
Facebook . https://www.facebook.com/mandatempregos/

Filipe Amorim no LinkedIn . https://www.linkedin.com/in/filipeamorimrh/

Comments

comments

Comments

comments